Sem categoria

Mãos que tecem o mundo: a moda e o artesanal

unnamed

Sentado, Eduardo Laurino, em pé, Brunno Almeida Maia.

 

Pra quem veio no Encontro de Moda Sustentável que ocorreu aqui no LAB no dia 6 de abril, com certeza deve-se lembrar do discurso incrível do Brunno Almeida Maia sobre “Mãos que tecem o mundo”. O Brunno, que é pesquisador em Filosofia pela UNIFESP e é também professor no SENAC LAPA FAUSTOLO, trouxe um discurso lindo e reflexivo sobre o assunto, abordando sobre o trabalho manual com significado, falando brevemente também sobre a moda que está cada vez mais fast e seu movimento que vai na direção contrária, o slow fashion.

E aí, o pedido foi tão grande que adivinhem só quem está de volta? Isso mesmo, o Brunno resolveu transformar esse tema incrível num curso de 5 dias com carga horária de 20 horas. Mas dessa vez, ele não está sozinho. O chapeleiro Eduardo Laurino (FASM – Faculdade Santa Marcelina), também estará presente no curso. O Brunno com a parte teórica, e o Eduardo com a parte prática, fazendo todo mundo colocar a mão na massa. Assim, o curso será dividido em duas disciplinas: História do Pensamento e Filosofia de Moda (Brunno Almeida Maia) e Laboratório de Criação (Eduardo Laurino).

O curso interdisciplinar investiga a relação entre a Moda e o Artesanal, nos contextos dos séculos XIV ao XXI, a partir de abordagem teórica e prática. Os estudantes terão a oportunidade de conhecer e vivenciar parte do processo criativo do chapeleiro Eduardo Laurino, que assinou coleções de acessórios de cabeça para óperas do Theatro Municipal, e, recentemente para o espetáculo em “Garricha”, dirigido por Bob Wilson, além de números desfiles para a SPFW e Fashion Rio. As inscrições começaram ontem, no dia 19 de junho (segunda-feira), e podem ser efetuadas pelo e-mail do Brunno.
A atividade será de caráter processual e prático, e tem como objetivo o exercício da apuração do olhar por meio da ampliação do repertório de pesquisa, a partir das discussões teóricas elaboradas na disciplina História do Pensamento e Filosofia de Moda, para, em seguida, na disciplina Laboratório de Criação, sob a orientação do docente Eduardo Laurino, criar objetos artesanais tridimensionais orgânicos, inspirados nos eixos temáticos, nos textos, escritores, pensadores e nas discussões surgidas ao longo do processo de investigação, e de pesquisa teórica e prática.

 

laurino-e1305330994178

Chapéu criado pelo Eduardo Laurino.

 

A partir da conceituação Moda Aristocrática ou Artesanal, elaborada pelo filósofo francês Gilles Lipovetsky n´O Império do Efêmero – a moda e seu destino nas sociedades modernas, o curso analisa a transformação na Moda ocorrida no auge da Modernidade do século XIX, com a mudança para o modo de produção capitalista, o início da alta-costura com Charles Frederick Worth, e a posterior fase de industrialização, até o prêt-à-porter e o recente fenômeno do fast e do slow fashion.
Com um vasto guarda-roupa de escritores, filósofos, sociólogos e historiadores como Walter Benjamin, Peter Stallybrass, Richard Sennet, Hannah Arendt, Norbert Elias, Platão, Marina Colasanti, Marcel Proust, e poetas como Ovídio e Pablo Neruda, a atividade propõe o repensar na atualidade dos conceitos de Moda artesanal e autoral, o trabalho dos artífices nos ateliers d´arts franceses, e a questão do luxo como specialité e autenticidade (aura), ligado a tradição artesanal.
Por último, a investigação, que parte da Moda como medida do tempo e figuração da sensibilidade estética de uma época, recai para a perspectiva ético-política. Ao pensar sobre a perda do sentido no trabalho alienado e no consumismo nas sociedades contemporâneas, a atividade propõe a reflexão sobre “o que estamos fazendo de nós mesmos”, partindo do conceito de etopoiética; aquele que possui saber-fazer manual, sendo autor da totalidade da sua obra, detém um saber-viver: uma ética-estética da existência, na qual a obra que se coloca no mundo transforma a realidade existente, como a interioridade daquele que a produz.

Pra quem é esse curso?

Estudantes de Moda, artes em geral e ciências humanas, profissionais da área e interessados, a partir de 16 anos.

Quando?

7 a 11 de agosto – das 14h às 17h.

Onde?

Aqui no LAB Fashion

Rua Dona Antônia de Queirós, nº 474 – sala 16

Investimento?

R$ 300,00*.

*Obs: Sujeito ao fechamento da turma. Mínimo 15 inscritos

Período de inscrições:

19/06 a 04/08

Se você se interessou e quer participar ou possui alguma dúvida sobre o curso, pode contatar o Brunno pelo e-mail brunnoalmeidamaia@gmail.com.

 

You Might Also Like

No Comments

Leave a Reply